Alessandro e Amanda

SEJA BEM VINDO AO NOSSO SITE
Alessandro e Amanda

Igreja da Cerimonia

Celebração

Fotos Recentes

Breve história (Igreja da Cruz Torta)

A Capela foi fundada em 1958. Constituída como Paróquia em 26 de janeiro de 1962, teve como primeiro Pároco o Pe. Norberto Pietro, que permaneceu até 1971. Nesse período construiu-se apenas uma capelinha, que tinha um visual exótico: toda inclinada, "como que para cair e abrir lugar para que outra, definitiva, ficasse de pé", dizia o Pe. Ilson José Frossard, que assumiu como segundo pároco desde 12 de junho de 1971.

Para identificá-la como igrejinha ou capela, foi colocada uma cruz de madeira, externa. Esta cruz acompanhou a linha de construção da igreja, caída, tendo sido apelidada pelo povo como "cruz torta", de onde veio o nome que a acompanha até hoje.

"Naquela época, o terreno onde estava a capela era irregular. A frente da Igreja, onde hoje está a Cruz, era de outro proprietário, que não queria vender o terreno. Foi proposta uma troca, com a mesma metragem, e a Igreja ficou, finalmente, proprietária do terreno onde hoje está a cruz", conforme relato do Pe. Ilson. 

O projeto da construção da capelinha foi de autoria do arquiteto Dr. César Luís Pires de Melo. Segundo relatou o Pe. Ilson, "Ele apresentou um projeto belíssimo da nova Igreja, mas o Concílio estava pedindo que as novas construções fossem simples, acomodando-se às situações locais".

". Foi a partir desse pensamento que um segundo projeto, este dos arquitetos Cláudio Joaquim Barretos e Francisco Segnini , foi apresentado. Em estilo bem mais simples e moderno, obteve a aprovação da comunidade. Toda a construção foi acompanhada pelo pároco, Pe. Ilson. As obras começaram em 1974 e terminaram em 1976, sendo a inauguração  em 14 de agosto de 1976.

A assistência social, ao lado da construção da moderna Paróquia, foram sempre o forte da comunidade, desde a chegada do padre Ilson, iniciando-a na Campanha da Fraternidade, de 1972. Na época, ele conseguiu do empresário Calin Eid, um vagão da Cia. de Transportes Sorocabana, que foi trazido até a Paróquia e abrigava o atendimento social "com carinho e ternura, os pequeninos de Deus". “Este vagão”, contava, “ficou muito famoso na vizinhança”.

Permanecendo á frente da comunidade até maio de 2009, o Pe. Ilson, durante esses anos, conseguiu doar mais de 80 mil cestas básicas para os necessitados. A partir daí, o Pe. Ilson José Frossard passou a ser Pároco Emérito, continuando a residir na Paróquia e, em 20 de setembro de 2012, completou 60 anos de ordenação presbiteral, celebrada com Missa Festiva e um agradável almoço com os parentes e amigos, no Salão de Festas.

Em 17 de maio de 2009, assumiu a Paróquia, como Administrador Paroquial, o Pe. Renato Cangianeli. Em março de 2010, foi nomeado Pároco, o terceiro desde que a Paróquia foi constituída como tal.

O Pe. Renato, buscando recuperar o patrimônio histórico e artístico da mesma, desde que assumiu, empreendeu um projeto de reforma, remodelação e adequação da Paróquia às necessidades e orientações atuais vigentes, sem descuidar dos mais necessitados, ampliando o auxílio material a quatro instituições católicas muito atuantes junto às pessoas em situação de rua e favelas.

Em 21 de outubro de 2012, juntando a comemoração do seu sexto aniversário de ordenação presbiteral, o Pe. Renato reinaugurou o painel “Ascensão”, obra mundialmente conhecida da artista plástica Maria Bonomi, com base no projeto original da artista, acrescido da moderna iluminação com lâmpadas de “led”, que criam sete possibilidades de cores para o painel.

  • Matriz Paroquial Nossa Senhora Mãe do Salvador (Cruz Torta)
    Veja o Local no Google Maps
    Digite aqui o endereço de origem para traçar a rota